12 TIPOS DE FOMES QUE VOCÊ NÃO SABIA QUE EXISTIAM
03/07/2018 22:20 em Novidades

Não há como negar, a fome é um dos sentimentos mais terríveis e desesperadores que podemos sentir. É quase impossível de controlar, mas o pior é que tem muita gente por aí que sente isso a toda hora. Ou pelo menos, acredita nisso. A grande verdade é que ela não se trata apenas de uma necessidade física, nos impulsionando a comer, mas acaba sendo também uma necessidade emocional.

É por isso que as vezes você pensa estar faminto, mas quando finalmente pode comer alguma coisa já se sente satisfeito com poucas mordidas. Você não precisava realmente se alimentar. Foi apenas algum tipo de desejo que lhe fez ter a sensação de que morreria caso não comesse algo o mais rápido possível. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 12 tipos de fomes que você não sabia que existiam. Confere aí!

1 - Fome dos olhos

A visão é um dos sentidos que mais nos estimula. Já percebeu como um prato bem apresentado nos atrai? Ele passa a ser muito mais gostoso para nós do que um prato apresentado de qualquer jeito, mesmo que sejam os mesmos ingredientes ali. Você já deve ter escutado a expressão "comer com os olhos". E é exatamente isso: uma fome dos olhos. Pode ser que você nem goste do alimento que está sendo servido, mas basta olhar para ter vontade de comê-lo.

2 - Fome da mente

Em determinado momento sua mente lhe diz para não comer açúcar, porque você está de dieta. Pouco tempo depois, ela já te "diz" para não se importar com isso e experimentar aquele doce que você tanto está com vontade de comer. Em um mundo onde as pessoas comem por ansiedade, a fome da mente acaba nos dominando muitas vezes, uma vez que é ela quem nos informa se devemos comer tal coisa ou não.

Por isso é tão difícil para algumas pessoas manter uma dieta regular. Para controlar os impulsos que sua mente fornece, sempre que sentir vontade de comer um enorme pedaço de bolo de chocolate, por exemplo, o substitua por algo que você gosta menos. Uma fruta seria uma boa opção. Dessa forma você "treina" seus pensamentos do gênero.

3 - Fome do ouvido

Você já sentiu vontade de comer apenas porque ouviu alguém abrindo um pacote de salgadinhos? Ou porque escutou o entregador anunciando que a comida do vizinho chegou? Pois é, o simples ato de ouvir barulhos de comida ou de ouvir alguém falando sobre isso já é o suficiente para nos deixar com fome. Essa é a chamada fome do ouvido. Se você não sabe como controlar isso, talvez a melhor opção seja se afastar daqueles que estão falando sobre o assunto.

4 - Fome do nariz

Se o barulho da comida pode nos deixar com fome, o que dizer então sobre o cheiro? Sentir o aroma de uma boa comida já basta para deixar qualquer pessoa faminta. É como se estivéssemos sendo convidados para comer, o que nem sempre representa a verdade e precisamos lidar com a frustração.

5 - Fome de estômago

Não é o estômago que nos diz que estamos com fome e sim nós é que dizemos para ele. Ficou confuso? Isso significa que não é porque seu estômago está roncando que você está com fome. No entanto, a maioria de nós acredita que é exatamente isso e acaba comendo no primeiro ruído interno.

A grande questão é que o estômago pode roncar por outros sentimentos que desenvolvemos, como ansiedade e nervosismo, por exemplo. E é a partir daí que as pessoas começam a comer por impulso, o que pode representar um sério risco para a saúde. Portanto, aprenda a entender o que ele está querendo dizer e observe como você reage quando está realmente com fome.

6 - Fome da boca

Quando falamos sobre a fome da boca, nos referimos aos desejos de nosso paladar. Por exemplo, as vezes você sente vontade de comer algo salgado, outras vezes anseia por comer algo doce, amargo, picante, ou seja lá o que for. Esse desejo em nada está relacionado com a fome de fato, embora tenhamos essa sensação. Comer algo do sabor que se tem vontade é apenas uma forma de entretenimento para sua boca.

7 - Fome do coração

O almocinho preparado pela sua avó? O bolo maravilhoso que sua mãe faz? Uma boa limonada em um dia quente? Bem, quando você sente vontade comer algo que está relacionado a uma situação ou a outra pessoa também não é porque está com fome. Este é apenas um desejo de satisfazer a alma e o coração.

8 - Fome celular ou do corpo

Já percebeu que as crianças sempre tem a mania de se recusarem a comer certos alimentos? Acredite, na maior parte das vezes elas não fazem isso devido ao gosto da comida, mas sim porque o próprio corpo lhes diz o que precisam comer e o que é necessário para o corpo. Quando nossas células precisam repor nutrientes, começam a nos enviar alguns sinais que se traduzem nesse tipo de fome.

No entanto, à medida que vamos crescendo acabamos perdendo essa afinidade que temos com o próprio corpo. Seja porque acabamos nos regrando demais com a alimentação ou por conta de outros hábitos que adquirimos com o tempo.

9 - Fome do estresse

Você sente fome quando está estressado? Pois é, esse é um dos sentimentos que nos faz comer por impulso. E o pior de tudo é que sempre optamos por algum tipo de alimento que não faz muito bem para a saúde. É muito mais provável que você opte por um saco de batatas fritas do que por uma porção de frutas quando está estressado. Controlar essa fome não é fácil, mas tente sempre se lembrar das consequências futuras que tal hábito pode lhe proporcionar.

10 - Fome enquanto trabalha ou assiste TV

Tem o costume de comer enquanto assiste TV? Não consegue trabalhar se não tiver algo para petiscar enquanto isso? Esse é um tipo de fome que atinge muita gente e pode ser provocada tanto pela ociosidade, quanto pela ansiedade. O grande problema é que durante essas atividades a tendência é que sejam consumidos alimentos com maior quantidade de calorias.

11 - Fome quando você está entediado

Quando não há nada pra fazer, independente da circunstância, muita gente tem a mania de ocupar o tempo livre comendo alguma coisa. Quando não tem nada pra fazer, é como se você sentisse aquela necessidade de ir até a geladeira verificar se há algo para petiscar. Quer abandonar esse hábito? Experimente ler um livro quando estiver ocioso ou coloque uma música e comece a dançar. Seja criativo!

12 - Fome da meia noite

Atualmente é muito difícil manter uma alimentação regrada, com horários e tudo certinho. Isso pode fazer com que não nos sintamos completamente satisfeitos após a última refeição do dia. Dessa forma, acabamos acordando do sono apenas para ir até a geladeira buscar algo pra comer. Esse hábito pode resultar em estresse e até mesmo no desequilíbrio de hormônios reguladores do apetite.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

 

Fonte: Site Fatos desconhecidos

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

APROVEITE O MELHOR DE NOSSA PROGRAMAÇÃO EM QUALQUER LUGAR!

PUBLICIDADE